Demita seu cliente

Kick-in-the-ass-
Sim, você pode (e deve) demitir aquele cliente ruim!

Aliás, o melhor a se fazer é aprender a identificá-los logo de ínicio, para aprender a evitá-los. Faz tempo que você anda estressado e exausto por causa daquele cliente que nem sequer te paga em dia? Está esperando o que para demiti-lo?

Algum tempo atrás conversando com uma colega dos tempos da faculdade sobre nossos trabalhos e clientes atuais, chegamos no assunto chato para todo freelancer: o cliente que deve ser evitado. Você já encontrou ele com certeza!

Ele pode ter um ou mais defeitos descritos abaixo. Mas acredite, com apenas um, a melhor dica é CORRE BINO, É UMA CILADA!

– Tende a desvalorizar seu trabalho, achando que assim vai diminuir os preços;

– Compara seu trabalho com concorrentes e insinua levar o projeto para eles;

– Não permitem que você seja responsável pelas decisões importantes nos projetos;

– Desaparecem! Sim, de repente (e normalmente quando precisam pagar) não respondem mensagens, e-mails, nada. Simplesmente somem. Mas claro, querem que o trabalho seja sempre feito “pra ontem”;

– Não pagam em dia – e nem prestam contas sobre a falta do pagamento;

– Roubam suas idéias;

– Menospreza sua empresa;

– Simula defeitos;

– Cancela pedidos por centavos;

– Faz propaganda aberta do concorrente para outros compradores;

– Pedem coisas absurdas – normalmente após fecharem o valor com metade do que realmente pretendiam, e não querem que o valor aumente proporcionalmente;

Conversando percebemos que todos eles tem o mesmo problema, e quanto antes evitá-los – ou, se já tiver alguma relação profissional – demiti-los, melhor. Apesar que, reavaliando os itens acima, isso nem é cliente, é maldição.

Claro, se fossem clientes de uma empresa grande, 1% de clientes ruins para 99% de ótimos clientes ficaria diluído e nem representaria um grande problema. Mas tratando de empresas pequenas e micro empreendedores individuais, isso não pode acontecer. Os clientes são poucos, e um mau cliente não só deve ser demitido no primeiro momento, como devemos deixar bem claro o porquê ele está sendo demitido.

Você acaba se dando conta no final do dia que alguns clientes simplesmente não valem a pena. Uma frase ótima que li num blog outro dia “O seu tempo é curto e não poderá ser desperdiçado com clientes que não enxergam ou não querem enxergar valor na sua oferta.“. É isso mesmo, valorize a sua empresa. Valorize-se!

Ainda desse outro blog, “Se o contrato não é rentável para você, se a relação não é boa com o cliente, se ele apresenta comportamentos questionáveis (atrasa seus pagamentos, não dá a atenção devida, está insatisfeito sem motivo claro) está na hora de colocá-lo no olho da rua.”

Você perde tempo correndo atrás dele para entregar o projeto, para receber seu dinheiro, para pegar o novo projeto urgente? Pare e pense um pouco, quanto tempo perdido que você poderia estar usando para terminar aquele outro projeto e surpreender seu outro cliente..

como-demitir

Demitir um cliente não é perda de dinheiro, mas ganho de tempo! Já pensou por esse lado? Enquanto ele está aí sugando suas energias, enquanto você está correndo atrás dele para entregar, receber, trabalhando o dobro de tempo que com um cliente normal….vai ser melhor para ambos se você o demitir. Você vai trabalhar com o que realmente te interessa,com mais energia e consequentemente, mais rápido e feliz.

E ele vai ter a oportunidade de encontrar outra empresa que consiga atender seus anseios e projeções. Fica bom pra todo mundo.

Observe um pouco…se esse cliente fosse seu empregado, não seria um empregado preguiçoso, que não comparece e nunca entrega em dia? Não duraria um mês na sua empresa, certo? O que está esperando para demitir ele?

demita-seu-cliente-sem-culpa

E com certeza, não adianta esperar de clientes imaturos maturidade na hora da demissão. Eles vão jogar a culpa em você, tentar amenizar as próprias faltas e até mesmo tentar ofender. Não leve para o lado pessoal, nem se preocupe em rebater os pontos citados nesse momento. Se não houve maturidade durante todo o relacionamento, não vai haver no final.

É evidente que mesmo tomando todos os cuidados necessários, aqui no Brasil normalmente o rompimento ocorre com esse tipo de carga emocional, pois é levado para o lado pessoal ao invés do profissional. Uma vez mais, não se preocupe com esse ponto, ele vai acontecer em maior ou menor grau.

Deixe claro os pontos que o levaram a tomar essa decisão, agradeça o tempo que tiveram de trabalho juntos, deseje o melhor e parta para o próximo. Sem medo de ser feliz. Você fez o seu melhor, e mesmo assim não deu certo, afinal, uma relação sempre depende de duas pessoas, e nos negócios também é assim.

Lembre-se, nem sempre o cliente tem razão.

O importante é se livrar de clientes que não estão comprometidos com uma relação saudável e sim, com o próprio umbigo. Agora você está abrindo espaço para contratos que farão sua empresa crescer realmente. Quer algo melhor que isso?

“As empresas vencedoras são aquelas que também escolhem seus clientes e dão o melhor de si para os escolhidos.” 

Advertisements

2 thoughts on “Demita seu cliente

    • A sensação de alívio é muito mais valiosa do que qualquer dinheiro que deixamos de ganhar.
      Acredito que quanto mais pessoas souberem valorizar seu trabalho, mais conseguiremos educar o aspecto respeito/valorização dentro de todos os brasileiros, incluindo nós mesmos, que também, muitas vezes, somos clientes, e precisamos lembrar como devemos agir nesse momento. Obrigado pelo seu comentário Rose! Grande abraço!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s